logotipo da segunda mostra de cinema ifé
De 31/05 a 05 de junho Presencial e online Gratuita
De 31/05 a 05 de junho Presencial e online gratuita
Página Inicial > Painel 1 – Onde o corpo tem voz? Refletindo corporeidades negres no audiovisual brasileiro

Painel 1 – Onde o corpo tem voz? Refletindo corporeidades negres no audiovisual brasileiro

capa do primeiro painel ifé

Painel 1 – Onde o corpo tem voz? Refletindo corporeidades negres no audiovisual brasileiro

Quantas corpas cabem em corpos plurais em movimentos constantes? Como o audiovisual brasileiro tem contribuído na construção de representações também plurais e diversas? Este painel busca levantar estes e tantos outros questionamentos acerca das experiências de subjetivação dos corpos negres LGBTQIA+ no audiovisual brasileiro. Dialogar sobre as formas que esses corpos são representados e ouvir as experiências dos convidades nas suas construções dentro deste cenário.

Mediação:

Bruno F. Duarte
Mestre em comunicação e cultura pela Escola de Comunicação da UFRJ e graduado em cinema pela PUC-Rio. Estuda e produz sobre interseções entre negritude, sexualidade e produção de imagens. Sua pesquisa atual foca na vida e obra do cineasta Marlon Riggs (1957-1994).

Convidades:

Tati Villela e Márcio Januário
Márcio Januário é ator, cantor, bailarino, escritor e diretor de teatro e cinema. Como coreógrafo e preparador corporal participou de montagens de peças infantis, shows de música e peças de teatro adulto. Atualmente está apresentando o Show As Canções de Amor de Uma Bixa Velha e trabalha como produtor, ator e diretor em filmes de longa e curta metragens. Entre outros trabalhos.


Tati Villela é atriz, roteirista, escritora, poeta, diretora, dramaturga e Cientista. Sua primeira universidade é o bairro onde nasceu Cubango em Niterói. Posteriormente se formou na UFRRJ, UFRJ, Martins Penna, Parque Lage, SP Escola de Teatro e Centro Afro Carioca de Cinema Zózimo Bulbul. Ganhadora do prêmio redentor de melhor atriz no festival do Rio 2021 onde integrou também a equipe de melhor Roteiro no mesmo festival com o longa Metragem “Mundo Novo”,de Álvaro Campos. Autora do livro Pretamorfose e dos espetáculos Amores e outras Revoluções e “Meu corpo cabeça”. Entre outros trabalhos.

ONDE:

Cinema Nosso

QUANDO:

02/06

Horário:

18h

ENTRADA GRATUITA:

A retirada do ingresso deve ser realizada gratuitamente, com 30 minutos de antecedência no local.

Cinema Nosso
Rua do Rezende, 80 – Lapa/Centro – Rio de Janeiro – RJ
WordPress Lightbox Plugin