logotipo da segunda mostra de cinema ifé
De 31/05 a 05 de junho Presencial e online Gratuita
De 31/05 a 05 de junho Presencial e online gratuita
Página Inicial > Seminário 02: Arquivo Vivo

Seminário 02: Arquivo Vivo

banner sobre o segundo seminário ifé

Seminário 02: Arquivo Vivo

Registrar guarda em si um duplo gesto: é marco e também é o gesto de fazer a imensidão caber na estreiteza das palavras. Arquivar algo que está vivo – dar nome, definir, pressupor tendências de comportamento – é deparar-se com a inevitável constatação de que o que está sendo arquivado não respeita os nomes, portanto, continua em transformação independente do que está carimbado nos documentos. No Cinema e nas artes, lembrar e aprender com os arquivos é fazer a memória acontecer, mas rasurar os registros também é um trabalho de manutenção de ensinamentos.

Mediação:

Thais Ayomide
Thais Ayomide é Bacharel em Dança pela UFRJ, atriz, fotógrafa e poetisa. Atuou no longa metragem documental “Corpos Invisíveis” de Quézia Lopes. Atualmente integra o núcleo de profissionais do programa Imagens do Povo, como fotógrafa/educadora (da ONG Observatório de Favelas); idealizadora e Intérprete do Espetáculo Memórias de uma Maré Cheia; co fundadora do Studio Mariwo e co fundadora do Slam Maré Cheia.

Convidades:

Davi Pontes e Iagor Peres
Davi Pontes Artista, coreógrafo e realizador. Mestrando no Programa de Pós Graduação em Artes da Universidade Federal Fluminense. Seus trabalhos abordam questões do presente globalizado, e têm como interesse aprofundar os conceitos de racialidade, coreografia e autodefesa e dos seus funcionamentos a partir da ideia de arquivo contidas na produção da história. Entre seus trabalhos mais recentes, destaca-se o filme Delirar o Racial, a Escola Repertório de Autodefesa e a trilogia Repertório.


Iagor Peres vive e trabalha em Recife (PE), membro do coletivo CARNI – Coletivo de Arte Negra e Indígena. Após uma trajetória de anos dedicados a experimentação do corpo através da dança, performance , vídeo e instalação, tenho mergulhado sobre as densidades e substâncias visíveis e invisíveis que compõem as relações no espaço. Utilizando materiais sintéticos e orgânicos, busco por práticas híbridas para compor processos de criação e assim imagear esculturas, telas, gravuras, videoinstalações, performances e textos.

ONDE:

Sala Nelson Pereira dos Santos

QUANDO:

31/05

Horário:

18h

ENTRADA GRATUITA:

A retirada do ingresso deve ser realizada gratuitamente, com 30 minutos de antecedência no local.

Sala Nelson Pereira dos Santos
Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos – Niterói – RJ
WordPress Lightbox Plugin